LACLIMS: A experiência em uma Liga de Clínica Médica no Instituto Multidisciplinar em Saúde

LOPES, A.C.P (1); MELO, A. S. (1); BARROS, K. O. (1); LIMA, H.N. (1); PINHEIRO, F.D.(2); TEIXEIRA, A.F(2);

1 – Acadêmico(a) do curso de Medicina – Universidade Federal da Bahia, Campus Anísio Teixeira. Email: arthur.cesar@ufba.br,alinemeloufba@gmail.com 2- Professor orientador de Clínica Médica e Semiologia na Atenção Primária: Coletivos a Saúde e Equidade do Cuidado/Internato, departamento de medicina. Email: fdantasp@yahoo.com.br, teixeira_adriano@yahoo.com.br.

 

Introdução As ligas acadêmicas tratam-se de propostas extracurriculares pautadas em atividades de ensino, pesquisa e extensão direcionadas a um determinado tema.  A Liga Acadêmica de Clínica Médica do Instituto Multidisciplinar em Saúde (LACLIMS) foi fundada como entidade sem fins lucrativos com duração ilimitada, organizada e coordenada, respectivamente, por acadêmicos e professores do curso de Medicina da UFBA-IMS-CAT, em parceria com professores e estudantes da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia e Faculdade Santo Agostinho. Objetivos Aprimorar as habilidades de clínica médica baseadas no tripé ensino, pesquisa e extensão dos aprendizes interessados, propiciando maior contato com os espaços e dilemas de saúde regionais. Metodologia A LACLIMS funciona em horário extracurricular, semanalmente, em dias pré-determinados. Todas as atividades são pautadas nas metodologias ativas de ensino, nas quais os aprendizes assumem o protagonismo da construção do conhecimento. As atividades de extensão da liga caracterizam-se principalmente como programas de assistência ambulatorial à comunidade junto a médicos preceptores, os quais reúnem-se ao menos uma vez por mês para discutir os casos clínicos coletados em campo e sessões educacionais abertas à comunidade. A plataforma Instagram, na qual são publicadas campanhas digitais de educação em saúde, também mantém contato com a comunidade. No que diz respeito às atividades de pesquisa, estão em curso a produção de relatos de caso; a discussão de casos integra o eixo de ensino e utiliza um método que preza pela capacidade individual, estímulo ao trabalho em equipe e protagonismo estudantil. Tal método, trata-se de uma derivação do Problem Based Learning (PBL),  na qual, a partir da leitura dos casos colhidos em campo de prática, os aprendizes elaboram uma lista de problemas, suspeitas diagnósticas, exames complementares e conduta inicial. Após isso, o grupo discute o que foi elencado, e o facilitador, médico/preceptor, faz seus comentários e avaliação, indicando pontos positivos e negativos da discussão. Os casos clínicos discutidos são compartilhados na plataforma online Figure1, permitindo que o aprendizado alcance um maior número de pessoas. Resultados A iniciativa mostra-se de imensa importância para o recém implantado curso de medicina da UFBA-CAT-IMS, visto que estimula o raciocínio clínico dos estudantes através de uma abordagem intuitiva e multifatorial, contribuindo para o crescimento estudantil. Considerações Finais A LACLIMS, através de suas atividades,  leva o curso de medicina para além do espaço institucional, promovendo o intercâmbio científico entre os cursos de medicina e a difusão do conhecimento acadêmico, seja pelas ações extensionistas, de pesquisa ou assistenciais.

 

Palavras Chave: Educação em Saúde, Ligas Acadêmicas, Aprendizado Ativo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s